Chile valoriza a abertura de novas rotas aéreas ao Brasil

30 de Setembro de 2019 3:32pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
jet-smart-brasil-chile

Uma excelente notícia que favorecerá a conetividade aérea entre Chile e um dos mercados estratégicos mais importantes em matéria de turismo deu-se conhecer recentemente: a abertura de três novas rotas directas para o Brasil.

Se tratar de São Paulo, Salvador de Baía e Foz de Iguazú, a qual permite que brasileiros e turistas de outras latitudes desfrutem dos atrativos de Chile e vice-versa.

A diretora nacional de Sernatur, Andrea Wolleter, participou no lançamento destas rotas da linha aérea Jetsmart, que já iniciou a venda para estes destinos.

Segundo Wolleter, este anúncio é uma excelente notícia, porque, além de melhorar a conetividade, diversifica a oferta e, portanto, gera um aumento da demanda.

‘Ao ano são cerca de 5 milhões de chilenos que realizam viagens a destinos internacionais por via aérea e ao redor de 355 mil o fazem ao mercado brasileiro, pelo que, com estes três novos voos diretos para o Brasil, não só esperamos que se incremente o número de viagens emisivos e receptivos, também estar-se-á a diversificar a oferta turística que cada vez está a ser mais acessível graças às rotas de baixo custo’, explicou.

Mesmo assim, indicou que desde o governo se deram sinais para contribuir com o incremento do fluxo de turistas pela via aérea. ‘Baixaram-se as taxas de embarque em nível nacional e internacional, o que tem levado ao crescimento da conetividade aérea’, dimensionou.

Finalmente, agregou que sendo o Brasil um mercado estratégico para a promoção turística de Chile, esta iniciativa complementa o trabalho que se veio fazendo nestas matérias.

‘O investimento destinado a promover Chile no Brasil durante o ano 2019 é de 1.600 milhões de pesos, isto é 2,6 milhões de dólares, o que significa o 18% do investimento total da promoção turística que realiza nosso país no estrangeiro. Cabe destacar que o Brasil é o segundo mercado mais importante em termos de investimento, o primeiro lugar o ocupa Estado Unidos’, detalhou.

Back to top
The website encountered an unexpected error. Please try again later.