México aumentará 91% o imposto de viajantes nacionais para o estrangeiro

18 de Setembro de 2019 2:25pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
mexico-impuesto-pasajeros

A iniciativa, que entrará em vigência em abril de 2020, se refere à quota por "serviços migratórios em aeroportos".

Uma das medidas que a administração de López Obrador incluiu em seu pacote de medidas econômicas para 2020 é elevar aproximadamente o 91% a quota por serviços migratórios que se cobra a todos aqueles passageiros que saem do país por via aérea.

A alíquota em questão se refere à quota por “serviços migratórios em aeroportos” pela “prestação dos serviços migratórios em aeroportos a passageiros de voos internacionais que abandonem o território nacional”, de acordo com a Lei Federal de Direitos (LFD) que procura reformar o governo.

A última atualização da quota indica que para cada saída de passageiros de voos internacionais, se paga 77.91 pesos, e de acordo à proposta da administração de López Obrador, chegará a 149.02 pesos, isto é, 71.11 pesos mais, um aumento de 91.3%.

A iniciativa, que entrará em vigência em abril de 2020 de acordo informa Infobae, atingirá ao 30% da população -mais os estrangeiros-, que surpreendentemente é a que viaja por linhas aéreas, já que de acordo a um inquérito paramétrico, o 70% dos mexicanos, não tomaram avião.

De acordo com o governo, a razão para aumentar a quota procurará “atender de maneira direta ao custo que lhe representa ao Instituto Nacional de Migração (Inami) a prestação do serviço, quanto à sua abrangência, qualidade e demanda”.

Back to top
The website encountered an unexpected error. Please try again later.