#

Sete tendências da indústria de cruzeiros de acordo com CLIA

19 de Dezembro de 2019 2:08pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
Cruzeiros-experienciais

Sustentabilidade ambiental, gestão de destinos, estadia, redução do plástico, geração adepta, viajantes individuais e microcruzeiros. De acordo com a Cruise Lines International Association (Clia), estas são as sete tendências da indústria de cruzeiros para 2020 e próximos anos. As informações foram publicadas no relatório State of the Cruise Industry Outlook (Perspectivas sobre o Estado da Indústria de Cruzeiros). Confira abaixo:

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL
O desenvolvimento e a identificação de novas tecnologias, assim como de combustíveis mais limpos, constituem uma prioridade máxima para a indústria de cruzeiros. Segundo a Clia, 44% da capacidade das novas embarcações dependerá de gás natural liquefeito (GNL) para propulsão primária, enquanto 75% das novas embarcações que não utilizam o combustível contarão com Sistemas de Limpeza de Gases de Exaustão (EGCS). Atualmente, 68% da capacidade global utiliza EGCS.

Sistemas avançados de tratamento de águas residuais estarão instalados em todas as novas embarcações, enquanto 88% dos novos navios terão ou serão aptos a incluir a energia litorânea entre suas funcionalidades. Outros pontos de destaque na área são: embarcações movidas à bateria, práticas avançadas de reciclagem, uso reduzido de plástico, iluminação energeticamente eficiente, energia solar e células de combustível.

GESTÃO DE DESTINOS
Com o aumento da demanda e do crescimento na indústria de cruzeiros, a responsabilidade de fomentar o respeito e a cooperação com os destinos também aumenta. Em colaboração com as comunidades locais, o setor está explorando maneiras novas e criativas para gerenciar o fluxo de visitantes e implementar os mais altos padrões de Turismo responsável, incluindo parcerias com governos locais, chegadas e partidas escalonadas, diversificação de excursões, uso da energia litorânea e gastos locais dos passageiros.

VIAJANTES INDIVIDUAIS
As taxas de casamento estão diminuindo e o número de adultos solteiros está crescendo globalmente. Como resultado, as armadoras estão respondendo às mudanças na demografia de passageiros oferecendo cabines estilo studio, atividades para solteiros e eliminando suplementos individuais e lounges isolados.

MICROVIAGENS
As durações das viagens continuam a mudar, com muitos viajantes à procura de roteiros mais rápidos. Cada vez mais, as empresas disponibilizam cruzeiros de pequeno porte, variando de três a cinco dias, mas ainda com variedade de destinos.

Fonte: PANROT45

Back to top