#

Debatem promoção do Brasil na Inglaterra

03 de Novembro de 2019 3:16pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
embratur-wtm-london

Antes da abertura da WTM Londres, o presidente do Instituto se reuniu com representantes da embaixada para trocar informações para atuação eficaz na atração de turistas do mercado.

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) desembarcou em Londres, na Inglaterra, para a participação em mais uma edição da WTM, uma das mais importantes feiras mundiais de turismo. O evento acontece entre os dias 4 e 6 de novembro e, no estande do Brasil, mais de 30 coexpositores irão apresentar os atrativos e os destinos turísticos brasileiros para o público internacional. Antes da abertura da feira, o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, cumpre agenda para troca de informações importantes sobre a imagem brasileira no continente europeu. O primeiro encontro foi nesta quinta-feira (31) com ministro-conselheiro da Embaixada do Brasil em Londres, Roberto Doring.

O ministro-conselheiro colocou a embaixada brasileira à disposição do Instituto para disseminação de informações relativas ao Brasil, especialmente sobre o setor de Turismo, um dos grandes pilares para a recuperação econômica do país. “A Embratur pode, por exemplo, pontuar quais tipos de eventos que quer divulgar os destinos e a Embaixada estudará a melhor forma de promoção, além de definir o público estratégico. Já fizemos, no passado, eventos para operadores turísticos, aqueles que vendem o Brasil na ponta. Nossa ideia é retomar essas ações”, garantiu o representante diplomático.

O presidente da Embratur destacou a importância de fornecer informações pontuais e verdadeiras sobre o Brasil. “Tenho ido pessoalmente em eventos em diversos países do mundo para mostrar a realidade do nosso país, com dados corretos e sem fake news. Durante a missão com o presidente Jair Bolsonaro, no Oriente Médio, conquistamos mais espaço e geramos grande visibilidade para o Brasil, com garantia de investimentos internacionais. A Arábia Saudita tem o petróleo como fonte de renda e o Brasil tem o Turismo como fator de mudança em nossa economia”, destacou Gilson.

Outro ponto destacado pelo presidente do Instituto foi a questão do Mercosul. Gilson Machado Neto garantiu que o governo brasileiro tem se empenhado para que o bloco “siga os exemplos de livre circulação que ocorre na União Europeia, pois, em se tratando de Turismo, o maior fluxo dos países europeus é de seus vizinhos”.  

Durante a reunião, que contou também com a presença do assessor da Presidência da Embratur, Rafael Luisi, do chefe e de outro representante do SECOM (Setor de Promoção Comercial e Investimentos), conselheiro Carlos Pacha e Iraklis Tetradis, respectivamente, o ministro-conselheiro se comprometeu a divulgar vídeos e materiais das campanhas promocionais da Embratur e encaminhar para o mailing da Embaixada do Brasil em Londres a mais nova ação do Instituto “O Rei do Brasil”.

Fonte: Embratur

Back to top