#

Realçam valor patrimonial de gastronomia em Seminário Excelencias Gourmet

27 de Setembro de 2019 3:32pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
javier-fernandez-trigo

Os valores da rica e diversa gastronomia iberoamericana, como componentes essenciais da autêntica cultura ancestral de Iberoamérica, prevaleceram como temas dominantes nas conferências e debates durante os três dias do Seminário Gastronómico Internacional, organiado por Excelencias Gourmet.

Um generalizado sentimento de satisfação reinou entre os mais de 300 participantes no encontro em sua parte académica, salpicada por agradáveis momentos de degustações de comidas e bebidas elaboradas tal como o faziam os habitantes de América e Europa há 500 anos.

O incesante ir e vir entre os dois continentes misturou produtos, saberes e gostos até fomentar a hoje chamada “cozinha de ida e volta”, tema central do evento que concluiu nesta sexta-feira em Havana, com o concurso de numerosas instituições cubanas.

Ao longo de 10 horas ininterrompidas de exposições, mostras de produtos e sua elaboração, degustações e uma amistosa troca de conhecimentos e saberes entre os mais de 300 delegados de uma dezena de países e residentes cubanos, um sentimento de generalizada satisfação espalhava-se pelos amplos salões do famoso Cabaret Tropicana.

A celebração dos 500 anos de Havana, que cumprir-se-ão o próximo 16 de novembro, motivo de infinidade de eventos públicos entre os que destacarão festas e jantares, com abundante consumo de platos tradicionais do país e as correspondentes bebidas, entre eles históricos rones, considerados dos melhores do mundo ocuparam parte da última jornada do Seminário Gourmet.

Uma das conferências magistrais do dia propôs-se responder à pergunta por que a cozinha cubana pode ser declarada património cultural inmaterial de Cuba?

Ao longo de mais 10 horas, os presentes todos gozaram de intensas conversas ao termo dos debates de um painel de especialistas de Colômbia, República Dominicana, Espanha e Cuba sobre variados modos de elaborar o casabe e seu valor patrimonial.

Na intensa jornada se degustaram diversos platillos que utilizam o casabe como base de apresentação, chocolates e suas combinações com rones e outras bebidas, entre elas o tequila mexicano, vinhos espanhóis, rones cubanos, gelados, doces criolhos cubanos e os infaltáveis habanos.

Ao ponto de cair a noite, dantes do jantar de despedida prevista num dos hotéis 5 estrelas de maior reputação da cidade, a alegria generalizada era a mostra mais convincente do sucesso da nona edição do Seminário Excelencias Gourmet que desandou três grandes linhas temáticas: Cozinha de Ida e Volta; Gastronomia das 4S (solidária, sustentável, saudável e satisfatória), e o Aniversário 500 da fundação da Villa de San Cristóbal de Havana.

O banderín tem ficado bem alto. Assim o reconheceu em suas emocionadas palavras José Carlos de Santiago, Presidente-Editor de Grupo Excelencias e Vice-presidente da Academia Iberoamericana de Gastronomia, quando afirmou que "receber justamente hoje um reconhecimento tão importante como o que me outorgou a Academia pelo labor integrador que desde o coração tenho defendido tanto, é muito emocionante. Este não é um fechamento, ainda há muito que fazer, que avançar como região. Força, criatividade e paixão, são o que nos permite ir adiante, crescer a cada dia mais".

Mesmo assim, deu as graças também "a todos os artistas que têm estado presente, mas muito especialmente a uma pessoa que ano por ano está conosco, nos presenteando todo seu afecto e maravilhosa atuação: Haila, que é parte da equipa mais querida de nossa empresa. Este também é uma homenagem a pessoas que já não estão conosco, como Jorge Bordas, recentemente falecido, e Nicolás Muela quem tão profundo legado nos deixou".

Finalmente de Santiago pedeu de favor aos amigos presentes que "não deixem nunca de contribuir, de crer, de amar o que fazem e de pôr novos granitos de areia nesta grande montanha que se está a criar. Cada seminário que aparece, a cada nova atividade que se realiza desde o ponto de vista gastronómico é com certeza um granito que se converte em grande montanha. Devemos apoiar ao país e levar adiante todo quanto possamos fazer para complementar o trabalho desenvolvido pelas instituições que defendem nossa cultura e identidade, ou as iniciativas tão atraentes como Cuba Sabe... O mais importante é que todos apostemos e contribuamos para o país melhore gastronómicamente.

Viva a equipa de Excelencias! Viva Cuba! Graças a todos! No ano que vem, do 23 ao 25 de setembro de 2020, teremos e celebraremos o X aniversário do Seminário Internacional Excelencias Gourmet".

Back to top