#

WTM Londres: diálogos entre o moderno e o rural

05 de Novembro de 2019 9:45am
Redação Caribbean News Digital Portugues
wtm-london

Os delegados participantes da WTM Londres, o evento onde as ideias surgem, discutiram a possibilidade de que as principais marcas do mundo como Google e Mastercard, se fundam com agricultores, comerciantes e restauradores, impulsionando o turismo rural.

Empresários e líderes corporativos no Cume de Ministros da OMT e da WTM também instaram os ministros do turismo de todo o mundo a colaborar com as empresas para ajudar às comunidades rurais.

O tema do cume anual foi "Tecnologia para o desenvolvimento rural", e teve como objetivo estabelecer as bases para futuros trabalhos em 2020, cujo principal tema para as comemorações do Dia Mundial do Turismo será: "Desenvolvimento rural e turismo".

Enquanto isso, Diana Muñoz-Méndez, vice-presidente sênior de Alianças Globais de Turismo da MasterCard, disse que a empresa de pagamentos está ajudando às pequenas empresas rurais (fazendas, lojas e restaurantes) a receber dinheiro digitalmente em vez de usar dinheiro vivo, pois que a maioria dos viajantes agora paga com cartão.

Da mesma forma, Ann Don Bosco, diretora da Grow no Google, disse que o gigante da tecnologia treinou 120.000 pessoas em hotéis rurais gregos para tirar o máximo proveito da tecnologia e está buscando expandir a iniciativa no Japão e no Quênia.

Debbie Hindle, CEO do Four Travel, destacou outro plano para os agricultores, desta vez na Turquia. Esta é a iniciativa Taste of Fethiye da Travel Foundation, que incentivou os agricultores a produzir alimentos para hotéis locais.

Outro estudo de caso foi apresentado por Santiago Camps, diretor executivo da Mabrian Technologies, especialista em análise de dados de viagens.

Ele disse que uma rede de cidades patrimoniais nas áreas rurais da Colômbia ajudou a melhorar a experiência dos viajantes e a espalhar a renda do turismo além das atrações e cidades habituais.

Gary Stewart, diretor do acelerador de negócios Wayra UK, destacou destinos como Suécia e Israel são destinos atraentes para os investidores.

Ahmad al-Khatib, presidente da Comissão de Turismo e Patrimônio Nacional da Arábia Saudita, disse no cume que a Arábia Saudita tem objetivos ambiciosos para desenvolver o turismo, mas também quer preservar seu patrimônio rural e tradições únicas.

 "Por exemplo, os anfitriões do Airbnb podem oferecer boas-vindas em áreas rurais onde ainda não há hotéis", disse ele a ministros.

"Você pode ficar com uma família e ver como eles comem e se vestem.”

Estabelecido como a maior reunião anual de ministros do turismo, o grupo de especialistas de alto nível foi moderado por Nina Dos Santos, editora da Europa da CNN International.

Ela convidou ministros do turismo do Iêmen, Guatemala, Panamá, Albânia, Bolívia, Colômbia, Serra Leoa e Portugal para falar sobre a importância do desenvolvimento rural para ajudar a apoiar o turismo e as economias nacionais.

Exemplos de boas práticas variaram da tecnologia móvel na Serra Leoa a incentivos fiscais para hotéis colombianos, iniciativas de Wi-Fi em Portugal, produtos de cana de açúcar e cacau na Guatemala e chapéus pintados no Panamá.

Back to top