#

Xantar 2020 fecha com números que excedem as edições anteriores

10 de Fevereiro de 2020 12:27pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
xantar-salon-internacional

O Conselheiro de Assuntos Rurais, José González, presidiu a cerimônia de encerramento da 21ª edição da única feira internacional de turismo gastronômico credenciada na Espanha.

"Não é um metro livre e nem um minuto livre." Foi assim que o vice-presidente executivo da Expourense, Jorge Pumar, definiu o Xantar 2020 durante a cerimônia de encerramento que fecha com dados que excedem as edições anteriores.

Cerca de 290 expositores de nove países, mais de 150 experiências que envolveram a realização de quatro atividades para cada hora da feira, seguidas por mais de 7.000 participantes, a maioria profissionais do setor, resumem a existência dessa sala internacional.

Por outro lado, o número de visitas recebidas durante os cinco dias da sala é de cerca de 25.000, um número recorde em comparação com as últimas edições.

O programa de atividades de a Xantar 2020 incluiu exposições de culinária ao vivo nas quais chefs renomados da Espanha, Portugal, Costa Rica, México, Peru e Chile participaram e nos quais foram valorizados os produtos locais e de qualidade.

Outra das atividades que despertou o interesse dos profissionais foi as mais de 30 degustações comentadas de produtos como vinho, bebidas espirituosas, queijos, mel ou rum panamenho.

Também é necessário acrescentar as mais de 50 degustações oferecidas pelos expositores, como as de rosca com queijo e vinho de Amandi de Sober, a Botelo de O Barco de Valdeorras, para citar algumas das organizadas para este dia de encerramento.

A Xantar 2020 teve mais uma vez a lealdade de profissionais do setor e também do público em geral da Galiza e de Portugal e províncias vizinhas, que cumpre o objetivo da feira de promover o turismo de proximidade através da gastronomia e da cooperação transfronteiriça e ibero-americana.

A cerimônia de encerramento, realizada neste domingo, foi dedicada ao meio rural e contou com a presença do conselheiro José González, que destacou o papel que a Xantar desempenha na "revitalização da economia galega e no momento internacional" de dois setores vitais para a Galiza, como agro-alimentar, hotelaria e turismo”.

Este último dia também foi dedicado às prefeituras de Castro Caldelas e Sober, ambas na Ribeira Sacra, principal protagonista desta edição.

O presidente do Consórcio de Turismo da Ribeira Sacra e o prefeito de Sober, Luis Guitián, agradeceram a Xantar a única candidatura que apresentará a Espanha em 2021 como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Por sua parte, Alfredo García, prefeito de O Barco de Valdeorras, enfatizou que “O turismo deve se tornar um recurso importante para nossos territórios. Temos que aprender a viver também do turismo”.

Durante a cerimônia de encerramento, foram apresentados os prêmios do Concurso Xantar Gourmet Grupo Cuevas nas categorias profissional, semiprofissional e amadora. Eles tiveram que fazer receitas que incluíam vários produtos gourmet galegos, como a castanha.

Back to top