#

Ministro de Turismo de Cuba em WTM: “Esperamos vê-los cedo em nossa formosa Ilha”

Feria-Internacional-de-Turismo-World-Travel-Market-WTM-2019

Uma nova edição de WTM London aconteceu e Cuba teve presente com a intenção de fortalecer ao Reino Unido como um dos seus principais mercados emissores.

Como tem ocorrido tradicionalmente em feiras recentes, o ministro de Turismo cubano, Manuel Marrero, esteve presente e foi o anfitrião da Noite Cubana, onde pronunciou um discurso para seus convidados.

"Estou muito contente de dar-lhes a melhor das boas-vindas à Noite Cubana que temos preparado especialmente para vocês. Esta visita acontece dentro das dificuldades desencadeadas pelo bloqueio económico, comercial e financeiro dos Estados Unidos contra o nosso país.

O seu endurecimento tem causado o fim das viagens das linhas de cruzeiros procedentes dos Estados Unidos e uma diminuição no número de visitantes procedentes desse país”, disse Marrero aos convidados.

“Este é um bom momento para recordar que Cuba segue sendo o único país no mundo ao que os cidadãos norte-americanos não podem viajar como turistas. Mas temos tomado as medidas necessárias para garantir a vitalidade económica do país, em particular do turismo.

"Posso garantir-lhes que o turismo cubano goza de boa saúde e de grande vitalidade. Isto se deve em parte aos grandes investimentos que temos realizado neste ano na área turística, que inclui a modernização de vários hotéis e a abertura de 4 mil novas habitações”, prosseguiu dizendo o titular.

O ministro Marrero brindou aos presentes num resumo pormenorizado das novas construções e hotéis remodelados que Cuba abrirá em decorrência deste ano, explicando que todo o inventário de habitações do país crescerá consideravelmente para o ano 2030.

“Estamos a garantir a temporada alta de inverno com todos os fornecimentos necessários que os hotéis precisam para proporcionar um serviço de excelência e grande qualidade.

"Outro exemplo da vitalidade do turismo cubano é o que se fez em Havana para comemorar o 500 aniversário de sua fundação, que terá lugar o próximo 16 de novembro. Portanto, convidamos a todo o Reino Unido a se nos unir nesta celebração que contará com muitos convidados nacionais e internacionais.

“Estamos contentes com a forma em que se comportou o mercado emissor britânico para Cuba, com cifras que o convertem no quarto mercado europeu mais importante para nosso país e um dos principais em general.

“Posso lhes assegurar que a melhor forma de romper o bloqueio dos Estados Unidos e ajudar ao povo cubano é nos visitando. Estamos-lhe a esperar em Cuba, de modo que esperamos vê-los cedo em nossa formosa ilha”, concluiu o Ministro cubano de Turismo.

Back to top