#

Airbnb, uma aposta pela sustentabilidade

airbnb

Criar destinos sustentáveis onde não os há é o principal objetivo que perseguem as plataformas digitais de alugamento de pisos turísticos, casas rurais e hotéis. A prontidão na reserva, própria dos millennials, e os preços mais baixos, têm sido os ganchos de seu sucesso o que assegura que chegou para se quedar.

De acordo com Arnaldo Munoz, diretor geral de Airbnb Marketing Services, SL, esse tipo de plataforma tira proveito e aperfeiçoa as infraestruturas existentes a diferencia das receitas tradicionais baseadas na implantação de grandes instalações do estilo de parques temáticos ou complexos hoteleiros grandes.

Neste senso destaca Igualada e a comarca de L’Anoia (aos 50 km de Barcelona e 20 do Monastério de Monserrate) uma das mais sobresselentes iniciativas de digitalização de Airbnb, pelo seu grande potencial como destino sustentável.

Igualada não tem uma Santa Família, nem praia, nem também destaque por ser destino turístico; embora, o acordo assinado com Airbnb tem somado justo valor para os recursos distintivos deste lugar, enquanto que o coloca no mapa de turismo sustentável.

Exatamente, a sustentabilidade e a ecologia representa um dos atraentes de Airbnb, onde 88% de seus anfitriões incluem medidas ecológicas a suas práticas de hospedagem, que constitui, também, um sinal de identidade de Catalunha.

Esse tipo de iniciativas ajuda que os benefícios se revertam nos residentes, já que este tipo de alugamentos, autossuficientes no subministro, só usam recursos locais e se nutrem de produtos dos comércios e serviços autóctones.

Conforme os dados manuseados por Airbnb, têm demostrado que 42% das despesas dos hospedes se realizam no bairro no que se alugam.

As metas do futuro

Airbnb está desenvolvendo mais que cem projetos no mundo inteiro atualmente. A plataforma é presente com alugamento em 81.000 cidades, mais de 191 países, 20.000 experiências, seis milhões de anúncios e já mais que 400 milhões de turistas se hospedaram de sua fundação em 2008.

Em Espanha tem financiado um festival internacional anual de filmes sobre viagens e ecologia centrado na sustentabilidade, desenvolvimento e turismo natural (Terres Catalunya-Eco & Travel Film festival); empreendedoras no setor de viagens; startups de viagens sustentáveis e a comunidade de pequenas empresas LGTBI en Catalunha. Mas também ajudou para promover o astroturismo colaborando com o Instituto de Astrofísica de Canarias.

Outra de suas metas é África, onde tem comprometido um milhão de dólares até 2020 para promover projetos de turismo que ajudem acelerar o crescimento económico.

Fonte El País

 

Back to top