#

Os Reis de Espanha em Cuba, percorrido

11 de Novembro de 2019 9:43pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
reyes-españa

Os Reis de Espanha, Dom Felipe VI e Dona Letizia chegam a Cuba nesta segunda-feira 11, numa viagem catalogada de histórico, pois é a primeira ocasião na que um monarca espanhol chega à Ilha em visita oficial.

Durante os três dias de atividades no país, suas majestades percorrerão diferentes lugares da urbe capitolina e de outras províncias.

A agenda destaca como primeira parada uma visita à Praça da Revolução (terça-feira 12), uma das maiores do mundo com 72 mil metros quadrados, onde, acompanhados por seu ministro de Exteriores, Josep Borrell, os visitantes depositarão uma oferenda floral ante a estátua do apóstolo José Martí.

Pouco depois está previsto um encontro com o presidente cubano Miguel Díaz-Canel na sede do Conselho de Estado, e ato seguido terá lugar a cerimónia de boas-vindas na qual assinar-se-á o Acordo Marco Cuba-Espanha.

Conhecer a Habana Velha

Dona Letizia terá tempo de percorrer a zona mais antiga da capital cubana, Havana Velha, mistura de estilos arquitetônicos de diferentes épocas, onde visitará a Escola Oficina Gaspar Melchor de Jovellanos e o Convento de San Francisco de Asís, cuja construção começou no século XVI.

Os Reis têm previsto, também, visitar o lugar de origem da Villa de San Cristóbal de Havana: O Templete. Lugar construído em 1827 pelo engenheiro Antonio María da Torre e encravado nas imediações da Praça de Armas. Declarado Património da Humanidade, O Templete rememora o palco da primeira missa celebrada na cidade em 1519.

Boas-vindas oficiais

Em horas da noite Dom Felipe VI e Dona Letizia visitarão o Grande Teatro de Havana, para assistir à exposição “Espanha e Cuba: contigo na distância”, organizada pela Agência EFE e Iberia, após o qual desfrutarão de uma gala de dança, como antessala ao jantar oficial de boas-vindas.

Durante dita jantar, que terá lugar no Palácio dos Capitães Gerais, os monarcas receberão uma réplica da Giraldilla, símbolo da cidade.

Goya na Habana

No Museu Nacional de Belas Artes os Reis têm previsto ver a exposição “Autorretrato de Goya”, cedido pelo Museu do Prado.

Inaugurado a princípios do século XX, o Museu Nacional alberga um importante património artístico, e está considerado um dos mais importantes de América Latina com mais de 45 mil peças em exibição.

Tributo em Santiago de Cuba

Como última parada na agenda oficial, os reis viajarão a Santiago de Cuba, (quintas-feiras 14), onde visitarão o Castillo do Morro de San Pedro da Rocha, importante fortaleza militar declarada Património da Humanidade.

Durante sua estadia assistirão ao ato homenagem ao Almirante Cervera e aos marinhos espanhóis caídos em 1898, para culminar com uma visita às Lomas de San Juan, lugar decisivo na batalha da Guerra Hispano-Cubano.

Back to top