#

Chegaram a Cuba mais de um milhão de turistas nos primeiros meses de 2019

15 de Abril de 2019 3:04pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
cuba-destino

Um milhão 612 mil 371 visitantes estrangeiros recebeu Cuba no que vai de 2019, cifra que cresce em 5,15 por cento com respeito a similar etapa do ano passado, informou Manuel Marrero Cruz, ministro de Turismo, a membros da comissão permanente de trabalho de Atenção aos Serviços da Assembleia Nacional do Poder Popular.

Canadá é outra vez o mercado com maior presença no arquipélago, cujo crescimento continua em ascensão por sete meses consecutivos, em contraposição decrescem as visitas provenientes da Europa, não só a Cuba mas em todo o Caribe, principalmente pela falta de voos diretos entre estas nações, explicou o titular do setor.

Ao analisar a atenção de Ministério de Turismo (Mintur) aos trabalhadores por conta própria na atividade de arrendador de morada, habitações e espaços, Marrero Cruz referiu que laboram intensamente para incrementar os standards de seus serviços.

Com os arrendatários de moradas organizam-se desde o Mintur reuniões de trabalho, visitas às casas para aprovar as licenças, também são dadas recomendações, se efetuam capacitações sobre os regulamentos, e se lhes dá informação atualizada sobre o turismo em Cuba, referiu o titular.

Alugam-se com licenças em moeda livremente convertível no país 26 mil 602 habitações, que geraram três milhões 648 mil 046 turistas-dia em 2018, é por isso que as rendas de casas particulares têm um protagonismo no serviço de turismo, sobretudo para as agências de viagens.

Marrero Cruz manifestou que além da hospedagem em terra firme, o turismo em Cuba conta com os cruzeiros como uma importante atividade, desde os quais visitaram o país 243 mil viajantes no que vai de ano, índice que cresce em 36 por cento com respeito a similar etapa do 2018, e para o qual prosseguirão os labores de condicionamento dos portos de Havana, Cienfuegos e Santiago de Cuba.

Na Comissão deu-se a conhecer que a satisfação dos clientes se valida com um 42,2 por cento de visitantes que repetem sua estadia, o que além de ser um compromisso alto demonstra a satisfação destes com os serviços oferecidos na maior das Antilhas.

O Ministro identificou como áreas nas que se detectam os principais problemas de qualidade no setor a prestação dos serviços, a variedade dos alimentos, bem como o insuficiente alcance das conexões sem fios; assim mesmo informou que ainda há que seguir trabalhando em aspetos tais como a comercialização, os investimentos, o econômico-financeiro, o controlo interno, os quadros, e o encadeamento produtivo.     

As tecnologias da informação devem ser melhor aproveitadas, realço, há que utilizar mais internet para uma comunicação mais efetiva, já que o 30,8 por cento dos turistas que vieram ao país toma tal decisão depois de consultar informação na rede de redes.

Com a proclamação da nova Constituição da República de Cuba é dado um maior protagonismo e autonomia aos municípios, é por isso necessário analisar como incide no turismo essa abordagem, referiu.

A esse respeito Iyolexis Correia Lorenzo, deputada de Morón, Ciego de Ávila, fez ênfase na importância de facilitar a mobilidade dos turistas para as cidades, e nisto ajudaria muito as iniciativas locais dos municípios, sobretudo na substituição de importações.

Nesta sexta-feira concluíram as sessões de trabalho das comissões permanentes do parlamento cubano, que desenvolverá sua terceira sessão extraordinária da IX legislatura o próximo sábado.

Back to top