#

Rio de Janeiro: o tradicional Reveillon reuniu 2,9 milhões de pessoas em Copacabana

02 de Janeiro de 2020 4:57pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
rebellion-rio-janeiro-2020

O Rio de Janeiro atingiu um novo recorde de 1,7 milhão de turistas no final do ano na celebração da véspera de Ano Novo na praia de Copacabana, com a participação de 2,9 milhões de pessoas, segundo dados oficiais.

O número de visitantes que vieram à cidade para a festa "Reveillon-2020" foi 21,4% superior ao do final do ano de 2019, quando 1,4 milhão de turistas foram denunciados, informou a agência Riotur da prefeitura em uma declaração.

80% correspondiam ao turismo doméstico, principalmente dos estados de São Paulo e Goiás, e apenas 20% eram visitantes estrangeiros, principalmente da Argentina, Chile e Estados Unidos.

Para a festa de final de ano, a cidade investiu em 16,9 toneladas de fogos de artifício lançados por 14 minutos em dez barcos no mar, a várias dezenas de metros da praia de Copacabana.

Artistas brasileiros reconhecidos animaram a festa em pelo menos quatro palcos instalados ao longo da praia.

De acordo com o balanço, o Rio também atingiu "100% de ocupação hoteleira na véspera de Ano Novo. Copacabana e Leme eram os bairros preferidos", disse Riotour, citando dados do sindicato de hotéis do município do Rio de Janeiro em 31 de dezembro.

A festa de Ano Novo exigiu um investimento de 10 milhões de reais (cerca de 2,5 milhões de dólares), pouco mais da metade de empresas privadas, disse o governador do Estado do Rio, Wilson Witzel, há alguns dias.

As autoridades ainda não informaram quanto dinheiro gerou a celebração.
Mais de 2.000 policiais foram mobilizados para garantir a segurança durante as comemorações e 120 coletores de lixo para a classificação seletiva de resíduos deixados na praia. No ano passado, 385 toneladas de lixo foram coletadas da areia.

O turismo é uma importante fonte de renda que as autoridades locais e o governo de Jair Bo têm para impulsar a economia brasileira que demorou se recuperar da crise de 2015 e registrou um fraco crescimento neste meio tempo.

 

Back to top