#

Festival do Habano: Brilho, elegância e qualidade reúnem-se em Havana

17 de Fevereiro de 2019 7:53am
Redação Caribbean News Digital Portugues
festival-do-habano

A indústria cubana do tabaco mantém um ritmo ascendente sobretudo a partir dos habanos, o charutos tipo Premium que desde há muito tempo constituem principal joia do mercado de charutos no mundo.

Essa predileção dos fumadores mais exigentes não é por gosto, como existe uma condição tripla que realça dito produto, clima, solo e experiência dos produtores.

Daí que os habanos sejam considerados sem discussão como os melhores de seu tipo no Planeta e reclamados pelos mercados mais exigentes, devido- sobretudo- a uma crescente qualidade.

Por isso, a realização em Havana, do 18 ao 22 de fevereiro, do 21 Festival do Habano significa um novo esforço quanto à atenção dos especialistas ao produto, seu desenvolvimento e potencialidades.

Esta reunião chama a atenção de mais de mil pessoas de 70 países a cada ano, pois é o momento oportuno para conhecer mais de as bondades dos habanos.

Tradição e cultura agrária andam de mãos nos habanos e sua festa do fumo, uma das mais importantes no sistema de marketing da indústria do tabaco a nível global.

A outra relevante é o Big Smoke de as Vegas, Estados Unidos, mas como não pode exibir os charutos cubanos, perde importância em relação a esse tipo de atenção.

Nesta corda, os expertos consideram que a realização de novo na capital cubana do Festival do Habano constitui uma prova convincente do desenvolvimento e sustentabilidade da indústria do tabaco em Cuba que a cada fevereiro ilumina os salões do Palácio de Convenções.

Brilho, elegância e qualidade bem podem ser três palavras craves para qualificar a 21 edição desta festa do fumo, dedicado a importantes marcas de charutos cubanos.

Além disso, este é o ano em que Havana celebra seu 500º aniversário (16 de novembro de 2019) e todas as comemorações giram em torno de uma data tão importante.

Esta edição permitirá conhecer em exclusiva as mais recentes novidades de Habanos S.A., a corporação que os distribui, e desfrutar de um amplo programa de atividades em torno o conhecimento do charuto cubano.

As marcas de Habanos com protagonismo são San Cristóbal de Havana, que comemora duas metas importantes para a história deste habano, o Aniversário 20 da marca e o 500 da cidade.

Por demais, Hoyos de Monterrey Trinidad, uma das marcas mais admiradas dentro do portfólio de habanos, celebra o seu Aniversário 50.

Nesta versão do Festival não faltam todas aquelas iniciativas que lhe outorgam fama ao evento anual, e que são tão apreciadas entre os assistentes.

Como sempre anotam as visitas às plantações de tabaco da zona de Vuelta Abajo, percursos pelas mais reconhecidas fábricas de Habanos e o Seminário Internacional com atraentes conferências e sessões práticas.

Além disso inclui a aliança de habanos com adegas (Denominação de Origem Protegido/D.O.P) e, após o sucesso que teve a primeira edição em 2018, volta o Concurso Habanos World Challenge.

O Festival finaliza por todo o alto o 22 de fevereiro, com uma velada cheia de paixão pelos habanos, broche de ouro com a sempre tradicional leilão de, humidificadores, realizados por experimentados artesãos cubanos e cuja arrecadação se destina ao sistema de saúde pública.

Fonte: Imprensa Latina

Back to top