#

AccorHotels mantém liderança na América do Sul

25 de Fevereiro de 2016 4:25pm
editor
AccorHotels mantém liderança na América do Sul

Em 2015, a AccorHotels conseguiu manter o ritmo de crescimento na América do Sul. Ao todo foram 40 novos contratos assinados, o que representa mais de 5 mil apartamentos no portifólio da empresa e 27 hotéis inaugurados na região, sendo 12 ibis, 3 ibis Styles, 3 ibis budget, 3 Mercure, 3 Novotel e 3 Grand Mercure. Essas aberturas somam R$ 1,6 bi de investimentos por meio de parceiros.

Nos países hispânicos, nunca houve um ano tão produtivo; foram 13 contratos assinados - marca recorde atingida pela empresa fora do Brasil. O destaque fica por conta das assinaturas de contratos em cidades secundárias e terciárias. A estratégia é ampliar a presença em destinos que passaram a integrar o mapa da economia na região.

Em decorrência do cenário econômico no Brasil, os números apresentaram uma retração. O volume de negócios registrou queda de -2,9% na região comparado a 2014; no Brasil o resultado foi de -5,8%. O Revpar (Revenue Per Available Room) apresentou um recuo de 8,3% em relação a 2014 na América do Sul. No Brasil, esse número foi de 5,8% abaixo. A taxa de ocupação em 2015 de todos os hotéis AccorHotels no Brasil atingiu 61,7%, resultado superior ao apresentado pelo mercado, que obteve 51,89%, segundo dados do FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil).

O programa de relacionamento Le Club AccorHotels, que conta com 2,6 milhões de associados só na América do Sul, foi responsável por 37% do total de diárias nos hotéis. Somente no ano passado, o Le Club AccorHotels teve um crescimento de 30% no número total de associados na região e 24% em ativos (ou seja, que tiveram pelo menos uma estadia durante o ano). Em relação ao engajamento dos clientes, o programa apresenta um alto índice de resgate de pontos, que em sua maioria é direcionado às diárias em hotéis, o que representa 52% de pontos resgatados pelo total acumulado.

“Apesar do difícil cenário político e econômico que o Brasil se encontra, a AccorHotels tem resistido e buscado soluções para assegurar o futuro crescimento do Grupo. Em compensação, tivemos excelentes resultados nos demais países como Chile, Peru, Colômbia e também a Argentina com seu novo cenário político”, explica Patrick Mendes, CEO AccorHotels América do Sul. “Enquanto a concorrência assina de dois a quatro hotéis, nós assinamos 40, o que demostra a força da nossa marca e a credibilidade da nossa operação aos investidores e parceiros”, completa.

Back to top