Conversa com Jehannara Calle a propósito da importante qualificação recebida em Europa

12 de Agosto de 2019 3:41pm
Redação Caribbean News Digital Portugues
Jehannara-Calle-Dominguez

Jehannara Calle Domíngue, colaboradora do Grupo Excelencias, recebeu recentemente uma alta qualificação do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) em Espanha, e ao respeito conversa com Excelencias Gourmet.

A paixão pela investigação, a entrega ao trabalho e a perseverança, distinguem a Jehannara Calle, engenheira química de formação e Mestrado em Ciências e Tecnologia dos Alimentos, pelo Instituo de Farmácia e Alimentos da Universidade de Havana. Esta jovem profissional cubana, do Instituto de Investigações para a Indústria Alimentar (IIIA), continua somando lauros a sua trajetória.

Recentemente Calle tem sido incorporada à carteira de investigação do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) em Espanha, com uma alta qualificação que evidência a valia do labor desenvolvido.

Na atualidade Jehannara opta pelo grau a Doutora em Ciência, Tecnologia e Gestão Alimentária do Instituto de Agroquímica e Tecnologia de Alimentos (IATA) arraigado na Comunidade de Valencia, um centro pertencente ao CSIC, dedicado à pesquisa em biotecnología, conservação, qualidade e ciência dos alimentos.

Há quase uma década a pesquisadora colabora com o Grupo Excelencias, tanto em seus meios digitais como impressos, e tem participado como palestrante nos Seminários Gastronómicos Internacionais Excelencias Gourmet que se celebram a cada ano em Havana.

Acerca do seu labor em Valencia, respecto do CSIC e do novo lucro profissional que tem atingido nos comenta:

O CSIC tem como missão o fomento, a coordenação, o desenvolvimento e a difusão da pesquisa científica e tecnológica de carácter multidiciplinar, com o fim de contribuir ao avanço do conhecimento e ao desenvolvimento económico, social e cultural, bem como à formação de pessoal e ao assessoramento a entidades públicas e privadas nestas matérias.

Para a incorporação a sua carteira de investigação na Área Científica, Ciência e Tecnologia dos Alimentos, têm valorizado os méritos obtidos à longo de minha vida profissional tanto em Cuba como a nível Internacional.

O trabalho que tenho desenvolvido se focou na investigação de novas tendências para o desenvolvimento de produtos alimentares melhorados e saudáveis, como alternativa para mudar o estilo de vida de pessoas com padecimientos como a celiaquía e para evitar diversas doenças de âmbito mundial como a diabetes e a hipertensão.

Neste sentido e como resultado das investigações realizadas se implementou a fabricação de pães saudáveis a partir de massa mãe, livres de gordura e calorías, com elementos naturais que vão desde o centeno e o maní até a zanahoria e a cebola para fazer frente, por exemplo obesidade, considerada já como epidemia do século XXI e que afecta a grande parte da população cubana.

Em que projeto de investigação trabalha atualmente?

A investigação que estamos a desenvolver nestos momentos está dirigida à busca de alternativas para utilizar os Cormos da Xanthosoma Sagitifolium e a Colocasia esculenta (malanga) para a elaboração de pães sem gluten. Este ingrediente possui um alto valor nutricional ao ser rico em proteínas, minerais e fibra, ademais contém um um baixo índice de gordura.

Esta nova fórmula está destinada principalmente à população infantil, pessoas hospitalizadas e ao adulto maior pelas propriedades nutricionais e a bondade de ser livre de gluten.

Para isso estamos a converter os rizomas em farinhas, para a utilizar e realizamos um estudo comparativo da fécula de cormos.

Temos provado diferentes receitas e todos os pães elaborados como resultado têm evidenciado um padrão muito apropriado com respeito à digestibilidade de dita fécula. Em general, esta farinha  pode-se usar para produzir pães GF com similares parâmetros de qualidade tecnológica que os reportados previamente com farinhas livres de gluten comuns, mas com glucemia estimada significativamente melhor.

Por último Jehannara agradeceu a formação e o apoio recebidos pelas Doutoras María Cristina Jorge Cabrera, Lourdes Valdés Fraga (ainda que desafortunadamente já não esteja conosco) ao Senhor Carlos Bernabe Marques e a sua directora de Tese de Doutorado Cristina Molina Rosell, por ter influenciado na sua formação.

Leia mais aqui

Back to top
The website encountered an unexpected error. Please try again later.